Antes de tudo, um forte abraço, em amor à História e à Verdade...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

DESCONTRAINDO COM Tirullipa em "BIXA BANDIDA NÃO CHORA"

domingo, 22 de fevereiro de 2015

PRÉDIO 7 É A CHAVE: NENHUM AVIÃO BATEU NELE!!!

PRÉDIO 7 É A CHAVE: NENHUM AVIÃO BATEU NELE!!!

Você sabe o que é o Prédio 7?


O Prédio 7 era um arranha-céu de 47 andares que fazia parte do complexo de edifícios do World Trade Center.



Em 11 de Setembro de 2001, nenhum avião bateu nele. Apenas nas Torres Gêmeas. Uma pequena área do 12º andar deste prédio incendiou-se devido ao efeito colateral dos incêndios das Torres Gêmeas.



O incêndio terminou às 15:50 horas de 11 de setembro. Mesmo assim, o prédio desabou, mais de uma hora depois do fim do incêndio, de uma forma perfeitamente simétrica, em menos de 7 segundos!



Os maiores especialistas do mundo afirmam: NÃO FOI DESABAMENTO; FOI UMA DEMOLIÇÃO CONTROLADA!!! Que somente poderia ter sido preparada meses antes do evento, por equipes de profissionais altamente especializados que tivessem livre acesso ao edifício.



O Prédio 7 abrigava diversas agências governamentais, como a CIA e o Serviço Secreto. Também tinha arquivos importantes sobre crimes perpetrados por Wall Street. E seu dono, Larry Silverstein, tinha acabado de fazer um seguro bilionário sobre o imóvel.



Mais de 1500 engenheiros e arquitetos pelo mundo formaram uma associação chamada Arquitetos & Engenheiros pela Verdade sobre 11 de Setembro.



Esta associação conseguiu provar que a versão oficial do ocorrido no Prédio 7 do complexo do World Trade Center é fraudulenta. Este relatório foi emitido pelo Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia dos Estados Unidos, e tem inconsistências inacreditáveis.



Nestes 10 anos decorridos após o ataque, arquitetos, engenheiros, a mídia alternativa, família de vítimas de 11 de Setembro, bombeiros e cidadãos americanos preocupados com esta fraude clamam por uma nova investigação. Mas é preciso notar que não é a grandeza desta operação, nem sua engenhosidade e complexidade, que são chocantes. O que impressiona de verdade é que a mídia convencional, de massa, dominada pela elite globalista, conseguiu durante este período todo manter este assunto fora do alcance do público em geral, o que prova que há uma enorme conspiração em andamento e que o despertar da população do planeta para esta verdade é um passo importante para derrotar a Nova Ordem Mundial.



Curta BrasiL IndomáveL no Facebook



EXPLOSIVOS NANO THERMITE SÃO ENCONTRADOS POR CIENTISTAS EM DESTROÇOS DO WORLD TRADE CENTER

Cientista encontra explosivos Nano Thermite em destroços do WTC















Um usuário postou um vídeo no Youtube muito interessante.
 Mas a grande maioria
das pessoas só vão crer nisso, embora esteja na cara, quando a Rede Globo 
noticiar, o que nunca vai ocorrer. Acompanhem o que ele escreveu e vejam o vídeo:

"Uma equipe de oito pesquisadores liderados pelo professor Niels Harrit da 
Universidade de Copenhaguem (Dinamarca), comprovaram a existência
de explosivos altamente tecnológicos em amostra dos escombros das torres
gêmeas e do prédio 7.

Essa pesquisa vem a confirmar um trabalho semelhante préviamente 
executado pelo professor Steven Jones nos Estados Unidos. Outras matérias 
que vem de encontro a esse achado são as do time de Arquitetos para o 9/11.

Com esse achado se explica a queda livre dos prédios num processo de demolição. 
Os aviões não poderiam derrubar as torres gêmeas devido a temperatura do 
combustível não ser suficiente para derreter aço. O impacto também não 
pode ter afetado a estrutura no nível afirmado pelo governo americano, uma 
vez que o prédio foi desenhado para suportar aviões daquele tamanho."

"Ferro derretido na base dos predios ficou vivo por várias semanas. E por 
tres meses fotos infravermelha de satélites mostraram bolsões de alto calor 
nas tres torres.

Larry Silverstein comprou o leasing do WTC entre 2000 e 2001. dois meses antes 
do "ataque" ele assegurou os predios em dois bilhões de dolares contra ataque 
terrorista, algo como todos sabemos um tanto incomun.

O ataque 9/11 serviu para:

1. Criar ódio contra os árabes e fomentar as guerras americanas na saga pelo 
petróleo e a hegemonia Israelense no Oriente Medio. Tambem chamado False-Flag 
(falsa bandeira).

2. Desaparecer com 1,5 trilhões de dólares a fundo perdido das contas do Pentágono 
(Rumsfeld declarou um dia antes).

3. Documentos provas contra a Enron que desapareceu na queda do predio 7.

4. Auto-pagar os empreiteros, talvez via Larry Silverstein e a fortuna que ele 
arrecadou de seguro.

Existem evidências que agentes do Mossad (serviço israelense) foram 
capturados no dia, alguns comemorando a queda do topo de uma van, e 
outros carregando explosivos. Todos foram libertados pelo FBI. (essa informação 
precisa ser confirmada)."

Segue vídeo: 



http://noticia-final.blogspot.com.br/2013/05/cientista-encontra-explosivos-nano.html

sábado, 21 de fevereiro de 2015

ESCRITOR QUE DIZIA QUE O 11 DE SETEMBRO FOI UM ATO DO GOVERNO AMERICANO É ENCONTRADO MORTO COM A FAMÌLIA E O CÃO


Phillip Marshall, pesquisador, escritor e ex-piloto da CIA, foi encontrado morto em 2 de fevereiro de 2013, com sua esposa e filhos. Até mesmo o cão da família foi morto. As autoridades tratam a questão como suicídio, mas de acordo com aqueles que o conheciam Phillip, ele vivia com medo desde que ele publicou seu livro "The Big Bamboozle: 9/11 e a Guerra ao Terror", em que culpa o governo dos Estados Unidos para os ataques.

Phillip escreveu no livro que a administração Bush, com a cooperação de inteligência saudita, foi responsável pelos ataques terroristas de falsa bandeira 11 de setembro de 2001 às Torres Gêmeas. De acordo com a Santa Barbara View, durante o processo de edição, Marshall expressou certo grau de paranoia. O Autor acusava o presidente George W. Bush, em seu livro de não-ficção, em ser em conluio com os serviços de inteligência da Arábia Saudita na formação dos sequestradores que morreram nos aviões usados nos ataques.

Trechos do livro:

"A verdadeira razão para o ataque ter sido um sucesso foi devido a uma operação coordenada que preparou o treinamento dos sequestradores para voar aviões comerciais de grande porte. Temos dezenas de documentos do FBI para provar que o treinamento de voo foi realizado na Califórnia, Flórida e Arizona, nos 18 meses anteriores ao ataque. "

"Depois de um exaustivo estudo de 10 anos do ataque mortal que usou um Boeing lotado de passageiros e tripulantes de como mísseis guiados, estou 100% convencido de que uma equipe secreta de agentes de inteligência sauditas foi a fonte a logística, treinamento de voo, financeiro e tático visando o essencial para sequestradores, 18 meses antes do ataque. Esta conclusão foi proposta há seis anos e todos os testes posteriores só confirmaram essa conclusão."

"Em 1 de março, dois ex-senadores norte-americanos. de posições distintas, também levantaram a possibilidade da participação da Arábia Saudita nos ataques que mataram 3.000 pessoas e estimulou a guerra global contra o terrorismo. Em depoimento, os ex-senadores Bob Graham e Bob Kerrey disseram acreditar que o governo saudita desempenhou um papel direto nos ataques terroristas".


Seria esse o caso de um louco que perdeu o controle, ou queima de arquivo?

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

JORNALISTAS AUTORES DE DOCUMENTÁRIO SOBRE A ATUAÇÃO DOS EUA NO ONZE DE SETEMBRO MORRERAM ESTRANHAMENTE

Noticias > Mundo

Murieron autores de documental sobre actuación de EE.UU en 11-S

El periodista de la cadena CBS, Bob Simon, murió en un accidente automovilístico cadena CBS, Bob Simomurió en un accidente automovilístico | Foto: APFecha de publicación 19 febrero 2015

Bob Simon, David Carr y Ned Colt pretendían descubrir el verdadero interés del

 Gobierno norteamericano en el atentado contra las torres gemelas el

 11 de septiembre de 2001.

Tres periodistas que elaboraron un documental sobre la implicación del Gobierno de Estados Unidos en el ataque contra las torres gemelas, murieron esta semana. 
El pasado miércoles 11 de febrero, falleció el corresponsal, escritor y presentador del programa 60 minutos de la cadena CBS, Bob Simon, en un accidente automovilístico del que aún se desconoce la causa. 
El pasado jueves pereció el corresponsal de la cadena NBC, Ned Colt, de un supuesto derrame cerebral masivo. Ese mismo día, David Carr, de 58 años, sufrió un colapso y murió en su oficina ubicada en la redacción del diario New York Times. 
David Carr formó parte del New York Times desde el 2002 (Foto: pixshark.com)
Aunque existe poca información sobre los acontecimientos, algunos medios internacionales calificaron las muertes como extrañas, debido a las circunstancias y fechas cercanas entre los tres decesos.
Hace un mes, Carr, Simon y Colt formaron una compañía independiente de noticias en vídeo junto a Brian Williams, quien trabajaba en la cadena NBC desde 2004, pero tuvo que renunciar recientemente por divulgación de información falsa sobre Irak. 
Los cuatro presentaron documentos requeridos para tener acceso a archivos confidenciales del Kremlin (sede Gobierno ruso), que contienen pruebas relacionadas con los atentados ocurrido el 11 de septiembre de 2001. 
Ned Colt falleció a los 58 años de edad por presuntos problemas del corazón (Foto: nbcnews.com)
El presidente ruso, Vladimir Putin, había alertado sobre su existencia y destacó que iba a divulgarlos. Se trata de pruebas sobre la participación del gobierno de Estados Unidos y los servicios de inteligencia en el ataque perpetrado en las torres gemelas. 
Recientemente, se reveló que la Agencia Central de Inteligencia (CIA) habría permitido el atentado el 11 de septiembre de 2001. Las informaciones precisan que el Gobierno de EE.UU. (presidido entonces por George Bush hijo) promovió el asesinato de sus propios ciudadanos por intereses petroleros en Oriente Medio. 
El trabajo de los cuatro periodistas pretendía descubrir la verdad del ataque a las torres gemelas. David Carr fue quien ideó hacer el documental tras haber visto el material audiovisual Citizenfour y estudiar cada confesión del exanalista de la CIA, Edward Snowden.
“No pudo dormir luego de que en el diario New York Times elaboró la memoria de la guerra de Ucrania. No solo por no decir la verdad del hecho, sino porque sabían de los emblemas nazis en la cascos de soldados de Ucrania luchando contra los rebeldes”, señalan algunos portales web. 
Carr trabajó en ello con Williams y Colt, quien después de salir de NBC News optimizaba sus labores humanitarias en el Comité Internacional de Rescate. A su vez, Bob Simon, consideraba “extremadamente lamentable la manipulación de los medios de comunicación en el período previo a la guerra de Estados Unidos en Irak” según medios locales.
Respecto a la guerra en Irak, el presidente de Estados Unidos, Barack Obama ha reiterado su interés en autorizar operaciones militares en Siria, Irak y hasta Ucrania.
En contexto 
El 11 septiembre de 2001, el Centro Mundial del Comercio de la ciudad de Nueva York (noroeste de EE.UU.) uno de los núcleos financieros más importantes del mundo, fue atacado por militantes de la organización Al Qaeda para ese entonces liderada por Osama Bin Laden, un antiguo socio de Washington armado y entrenado por la CIA.
NO DEJES DE LEER
http://www.telesurtv.net/news/Murieron-autores-de-documental-sobre-actuacion-de-EE.UU-en-11-S-20150219-0004.html

TERRORISTAS DO E.I. SE APROXIMAM DO OCIDENTE

Terror petrolero en Libia: Estado Islámico invade una ciudad rica en crudo





Un grupo de yihadistas ha invadido la ciudad libia de Sirte, rica en recursos
 petroleros y 
ubicada a  tan solo 300 kilómetros de Italia. Los extremistas se han identificado 
como miembros
 del Estado Islámico.

El último ataque tuvo lugar en la universidad local, cuyas instalaciones 
fueron 
tomadas en su totalidad. 
Antes, los rebeldes habían ingresado a diferentes instituciones administrativas y 
gubernamentales, 
informaron medios internacionales. 

Cabe destacar que entre la ciudad de Sirte y la frontera con Egipto se concentran 
hasta el 66% de los
 yacimientos de petróleo libio.
El analista político Basem Tajeldine expresó a RT que la anarquía en Libia, 
que permite el 
fortalecimiento del Estado Islámico, ha sido provocada por la 
OTAN. 
"Después de la agresión del 2011 contra el Gobierno de Muammar Gaddafi el 
Estado libio se ha 
desintegrado y ahí se han dispuesto varios gobiernos. Formalmente
 existen reconocidos dos gobiernos:
 uno en Tobruk y el otro en Trípoli. La anarquía y el caos en ese país es lo
 que ha  permitido  que estos 
grupos se expandan de forma acelerada y amenacen a toda la región", 
dijo el experto.



Actualidad RT


EI toma universidade de Sirte na Líbia 
Jihadistas' que afirmam pertencer ao braço líbio do grupo Estado Islâmico (EI)
 tomaram o controle, 
nesta quinta-feira, da universidade de Sirte, onde os cursos tiveram que ser suspensos, 
informaram 
testemunhas.
Um professor, que pediu para ter sua identidade preservada, explicou à AFP que a 
universidade  havia 
anunciado a suspensão dos cursos e o adiamento das provas, depois que o braço líbio do 
EI tomou o 
controle das instalações.
Outro habitante desta cidade situada a 450 km a leste de Trípoli confirmou a informação
 sem dar mais detalhes.
Um comboio de cerca de sessenta veículos pertencentes a esta organização jihadista 
desfilou na 
véspera na cidade, informaram testemunhas à AFP.
As redes sociais publicavam nesta quinta-feira imagens, tiradas pelo EI, com dezenas de
 jihadistas 
encapuzados a bordo de veículos armados com canhões antiaéreos e com bandeiras pretas
 do 
movimento extremista.
Segundo os moradores, os 'jihadistas', que na semana passada tomaram o controle de 
uma rádio 
local e de edifícios administrativos, também dominaram o centro Ouagadugu, onde o 
ex-ditador Muamar Kadhafi organizava cúpulas africanas e árabes.
Sirte, bastião do grupo jihadista Ansar Asharia, considerada uma organização terrorista 
pelas 
Nações Unidas, é a cidade natal de Kadhafi, que morreu em 2011 assassinado por 
rebeldes líbios.
Esta demonstração de força acontece depois de a coalizão Farj Libya, que controla 
desde o verão 
passado Trípoli e grande parte do oeste da Líbia, enviar uma força para "restabelecer a 
segurança na cidade".
Contudo, por enquanto, o EI e o Farj Libya, coalizão formada em sua 
maioria por milícias islamita, 
se observam de longe sem iniciar confrontos, constatou a AFP.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

VÍNCULOS ENTRE AL-QAEDA E MOSSAD

Nova publicação em Caminho Alternativo

Lista Falciani destapa vínculos entre Al-Qaeda e o Mossad

by Caminho Alternativo
Tradução: Caminho Alternativo

(16-02-2015) Novos documentos publicados pelo jornal Le Monde, a partir da listaFalciani, permitiu identificar, ontem domingo, a um contato do serviço de inteligência israelense, o Mossad, que estaría envolvido nos processos de financiamento dos atentados de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos.
"É ele quem coloca em contato o pessoal da Al-Qaeda em 2000, quando Al-Qaeda tenta retirar seu dinheiro do sistema bancário", explicou o jornalista francês Serge Michel aos participantes ea emissão ‘Le Grand Journal’, da emissora gala 'Canal +', referindo-se a um traficante israelense de drogas, de armas e de diamantes queutilizava os serviços opacos do banco britânico HSBC.
Michel destacou a grave responsabilidade do banco a respeito, pois não fez nada durante anos, apesar de que não podia desconhecer os múltiplos e graves crimes que eram imputados a seu cliente, o israelense Shimon Yelinek.
Este traficante israelense, conselheiro durante anos do regime de Mobutu Sese Seko na República Democrática do Congo, participou numa transação de diamantes e armas para o Frente Unido Revolucionário de Serra Leoa, e para isto utilizou os serviços de outro israelense, de nome Ori Zoller.
O jornal francês, em seu artigo sobre esta questão publicado no sábado, identifica a este Zoller como "antigo membro das forças especiais israelense", e alude a sua implicação no comércio de armas na Guatemala, e a seus vínculos com o Governo nicaraguense (então pró-estadunidense) e o grupo criminoso paramilitar Auto-defensas Unidas da Colômbia.
Le Monde silencia, porém, detalhes sobre as atividades de Zoller que sim publicou ontem domingo o jornalista anti-sionista francês Hicham Hamza.
Em janeiro de 2003, a Organização dos Estados Americanos (OEA) publicou um minucioso informe oficial sobre o tráfico de armas mencionado, onde se identifica a Zoller como "ex-agente da inteligência israelense" e representante da empresa ‘Israeli Military Services’.
A fins de 2001, Zoller mantinha ainda importantes relações financeiras com os bancos de Tel Aviv, segundo relata o informe da OEA.
Em 2002, ademais, o jornal 'Miami Herald' — da cidade do sudeste estadunidense onde residía habitualmente Yelinek — revelou que Zoller era ainda então agente do Mossad, citando fontes do Conselho de Segurança Nacional do Panamá, através do jornal panamenho 'Panama America'.
A implicação do Mossad e das redes sionistas estadunidenses na organização dos atentados de 11-S foram objeto de estudo de numerosos jornalistas de investigação, como o próprio Hamza ou os também franceses Thierry Meyssan e Laurent Guyénot.
Particularmente chocante foi a detenção em Nova York, no mesmo 11 de setembro, decinco israelenses que observavam à distância, com expressões de grande alegria e tirando fotos, o impacto do primeiro avião contra a torre norte do 'World Trade Center'.
Os cinco israelenses permaneceram detidos durante 71 dias antes de serem enviados à Tel Aviv. O meio da comunidade judia nova-yorquina The Forward revelou mais tarde, assinala Hamza, que ao menos dois deles eram agentes clandestinos do Mossad.
O primeiro ministro israelense, Benyamin Netanyahu, ao ser interrogado sobre os atentados no mesmo 11 de setembro, os valorou de maneira muito positiva, como algo que fortaleceria os laços entre Estados Unidos e o regime de Tel Aviv.
Fontehispantv.com
Artigos relacionados
Caminho Alternativo | fevereiro 17, 2015 às 1:05 pm | Tags: 11-Sbanqueirosfalse-flagnwo,sionismo | Categorias: Mundo | URL: http://wp.me/p29z3m-Lo
Comentário   Ver todos os comentários   Curtir

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

PUTIN VAI RECONTAR A HISTÓRIA DO ONZE DE SETEMBRO ATRAVÉS DE IMAGENS DE SATÉLITES

Putin ameaça liberar imagens de satélites russos sobre 11 de setembro e recontar a história

Россия обнародует доказательства причастности американского правительства к

O presidente da Rússia Vladimir Putin ameaçou liberar imagens de satélites russos sobre o 11 de setembro e recontar a história que fazem os norte-americanos tremerem 


Especialistas norte-americanos acreditam que apesar do fato de que as relações entre os EUA e a Rússia atingiu o pior ponto desde a Guerra Fria, Putin entregue até Obama problemas apenas pequenas. Analistas acreditam que esta "calmaria antes da tempestade." Putin vai bater uma vez, mas ele vai bater duro. A Rússia está a preparar o lançamento de evidências do envolvimento do governo dos EUA e os serviços de inteligência para o 11 de Setembro. Na lista de provas inclui imagens de satélite, o site secretsofthefed.com.
O material publicado pode provar governo malícia para o povo de os EUA e a manipulação da opinião pública bem sucedida. Atacar governo americano planejado, mas passou sua proxy. Assim que um ataque contra a América e as pessoas dos Estados Unidos parecia um ato de agressão do terrorismo internacional.
O motivo para decepção e assassinato seus próprios cidadãos serviu como interesses petrolíferos dos EUA nas empresas estatais do Oriente Médio.
A prova será tão convincente que caem sobre os casos anteriores para manipular a opinião pública, a fim de atingir os interesses privados egoístas.
Rússia demonstra que a América não é estranho para expor e matar os seus cidadãos, a fim de conseguir um pretexto para uma intervenção militar no país estrangeiro. No caso de "o 11 de Setembro," a evidência servirá como imagens de satélite.
Se for bem sucedido, as consequências de táticas de Putin seria para o governo os EUA mais feio. A credibilidade do governo será prejudicada nas cidades começará protestos em massa, transformando-se em uma revolta, pintar um quadro de analistas americanos.
E, como os Estados Unidos vai olhar para a arena política mundial? A validade da posição dos Estados Unidos como um líder na luta contra o terrorismo internacional será prejudicada do que tirar proveito imediato de Estados párias e terroristas islâmicos.
Não pode ser confundido por tal cenário feio, o desenvolvimento real da situação poderia ser muito pior, alertam os especialistas.
41
Curtiu?