Antes de tudo, um forte abraço, em amor à História e à Verdade...

sábado, 21 de dezembro de 2013

VEM CHEGANDO O VERÃO...

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

O PAPEL POLÍTICO DO STF

Publicado em 09/12/2013
Autor do livro A Outra História do Mensalão, foi entrevistado por blogueiros, no Contraponto. O jornalista destaca em sua obra que o julgamento da ação penal 470 foi contraditório, político e injusto, por ter feito condenações sem provas consistentes e sem obedecer regra elementar do Direito segundo a qual todos são inocentes até que se prove o contrário. Uma entrevista com o jurista Dalmo Dallari, analisando o julgamento do Mensalão, foi exibida no programa e serviu de base para o debate. Para Dallari, os réus foram condenados antes mesmo do julgamento.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

O BRASIL ESTÁ SENDO ESPIONADO?

Estados Unidos têm 841 antenas no Brasil

Posted by 
Share Button
Anne Warth
Segundo presidente da CPI da espionagem, governo norte-americano alegou que antenas são usadas para comunicação entre Washington e as embaixadas.
A presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da espionagem, senadora Vanessa Grazziotin (PcdoB-AM), afirmou que o governo dos Estados Unidos têm autorização para o funcionamento de 841 antenas para comunicação própria no Brasil. A senadora disse que a informação foi repassada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).
De acordo com a senadora, até o momento, o governo norte-americano teria informado que essas antenas  são utilizadas para a comunicação entre Washington e a embaixada, em Brasília, além dos consulados. Mas, segundo a senadora, essas estruturas não estão restritas à embaixada e aos consulados norte-americanos no País. Segundo ela, parte dessas antenas é fixa e outra parte é móvel.
“Queremos uma explicação muito mais sólida da embaixada americana sobre a localização, potência e o uso dessas antenas”, afirmou. “Não sei por que há antenas fora da embaixada e do consulado. É algo que queremos analisar.” Questionada sobre se essas antenas poderiam ser utilizadas para espionar autoridades e empresas no País, a senadora respondeu: “Tudo é possível”.
A senadora disse ainda que também receberam autorização da Anatel para instalar antenas próprias no Brasil embaixadas de outros países, como França, para cinco antenas; o Chile, para duas; e a Romênia, para 20.
AGÊNCIA ESTADO

CPI  DA  ESPIONAGEM QUER EXPLICAÇÕES SOBRE 841 ANTENAS DOS EUA NO BR

Edição/247 Fotos: Shutterstock :
"Estamos estudando tecnicamente o potencial e localização de todas elas. Já era de conhecimento que a embaixada dos Estados Unidos tinha autorização [da Anatel] para o funcionamento. O que não sabíamos é que são 841 antenas, sendo a maioria móveis", disse a senadora Vanessa Graziotin (PCdoB-AM), presidente da comissão
5 DE NOVEMBRO DE 2013 ÀS 21:55
Pedro Peduzzi
Repórter da Agência Brasil
Brasília – A presidenta da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Espionagem, senadora Vanessa Graziotin (PCdoB-AM), disse que o órgão quer explicações sobre o uso de 841 antenas pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil para suas comunicações. O dado foi repassado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). As antenas têm autorização da Anatel e a maioria é móvel, segundo a senadora.
"Estamos estudando tecnicamente o potencial e localização de todas elas. Já era de conhecimento que a embaixada dos Estados Unidos tinha autorização [da Anatel] para o funcionamento. O que não sabíamos é que são 841 antenas, sendo a maioria móveis", disse a senadora.
Para saber se outras embaixadas também dispõem de antenas, a CPI solicitou informações sobre pedidos similares feitos pelas representações dos países à Anatel. "Vimos que outros três países têm antenas homologadas, mas em número muito menor", informou. De acordo com a senadora, a Romênia têm autorização para usar 20 antenas; França, cinco; e Chile, dois.
Para Vanessa Graziotin, os Estados Unidos precisam dar "uma explicação sólida" sobre o uso e propósito dessas antenas. "Eles alegam serem necessárias para suas comunicações. Não sei por que fora da embaixada e do consulado", disse, em referência às antenas móveis, após audiência que ouviu representantes das empresas de telefonia móvel TIM, Oi, Vivo e Claro.
A comissão pretende averiguar também quantas antenas o Brasil utiliza em outros países.
Edição: Carolina Pimentel

COMENTÁRIOS

26 comentários em "CPI da Espionagem quer explicações sobre 841 antenas dos EUA no BR"
Os comentários aqui postados expressam a opinião
dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247.
Caso perceba algum comentário agressivo ou publicado por algum troll,
ajude-nos a limpar esta área, escrevendo para contato@brasil247.com.br


  1. Dioguinho 6.11.2013 às 12:49
    Estamos parecendo Porto Rico.
  2. eros alonso 6.11.2013 às 10:50
    Nomes de quem deu a ordem. Nomes dos que operam. Localização das mesmas, cronograma de movimentação das antenas móveis. Esse país virou ** da mãe joana. Arrebentem os envolvidos.
  3. Kaena 6.11.2013 às 09:42
    Tucanos entregaram o Brasil para os yankes em troca de muita grana para se manterem no poder. Como a grana nao esta mais dando sustetacao, os yankes agora querem o caos atraves dos anonymous e Black Blocs.
  4. Syk4Ryo 6.11.2013 às 02:47
    Quem já assistiu o episódio 1 de South Park sabe exatamente onde elas estão! Para quem não viu, segue o link: http://videolog.tv/852873 - Com legendas.
  5. Eduardo 6.11.2013 às 02:11
    Explicação mais razoável li nesses comentários. De que é para os colonistas não precisarem estar sempre pendurados ao telefone para receberem orientações.
  6. jorge 6.11.2013 às 01:51
    não brinca é nova a mais nova operadora de tv EUATV
  7. André 6.11.2013 às 01:39
    É uma para cada colonista convertido!
  8. Fábio Floripa 6.11.2013 às 01:31
    Por quê a Romênia tem 20??? É a terra do Drácula, elas devem estar a disposição do primo dele no Brasil, Conde Çerra Chirico, o vampiro brasileiro!
  9. Pedro Paschoal 6.11.2013 às 01:16
    Há mais antenas americanas que municípios no Brasil. Ih.
  10. ABERTA TEMPORADA DE CAÇA AOS TUCANOS! 6.11.2013 às 00:47
    ANATEL, ANEEL e todas as pragas similares foram criadas pelo parasita FHC. Esperar o que?

    Os comentários aqui postados expressam a opinião
    dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247.
    Caso perceba algum comentário agressivo ou publicado por algum troll,
    ajude-nos a limpar esta área, escrevendo para contato@brasil247.com.br


    1. GUTO 6.11.2013 às 00:36
      Brincadeira,casa da mae joana,esse tanto de atena,841,absurdo, nao é razoavel nem para a turma da extrema direita.pega o ladrao.o que o Brasil tem que esses piratas eua querem tanto.ainda tem lesa patria querendo ser americano levantando estatua da liberdade pelo brasil afora em vez do cristo redentor.putz.servergonha desse devia ser banido do brasil.
    2. GUTO 6.11.2013 às 00:34
      Brincadeira,casa da mae joana,esse tanto de atena,841,absurdo, nao é razoavel nem para a turma da extrema direita.pega o ladrao.o que o Brasil tem que esses piratas eua querem tanto.ainda tem lesa patria querendo ser americano levantando estatua da liberdade pelo brasil afora em vez do cristo redentor.putz.servergonha desse devia ser banido do brasil.
    3. GUTO 6.11.2013 às 00:33
      Brincadeira,casa da mae joana,esse tanto de atena,841,absurdo, nao é razoavel nem para a turma da extrema direita.pega o ladrao.o que o Brasil tem que esses piratas eua querem tanto.ainda tem lesa patria querendo ser americano levantando estatua da liberdade pelo brasil afora em vez do cristo redentor.putz.servergonha desse devia ser banido do brasil.
    4. Ao Daniel Eshadof, o gênio 6.11.2013 às 00:26
      Não temos nenhuma antena da embaixada de "Paris"... KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK! Quer dar de esperto e só se fode... KKKKKKKKKKKK! Vai burrão! Pergunte agora sobre o número de antenas de Estocolmo. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!
    5. gomes de sousa 6.11.2013 às 00:17
      Este pais é uma piada, 841 antenas? Gente parece até filme de ficção uma embaixada precisar de um numero de antenas deste? Estão espionando todas nossas empresas e órgãos públicos com interesse comercial,politico; Estes americanos não prestam mesmo,são uns canalhas,estou chegando a conclusão se não tomarmos uma atitude com este povo eles são capazes até mesmo de querer tomar nosso pais na marra,esta na hora de pormos estes canalhas para correr!
    6. Xico Sobral 6.11.2013 às 00:03
      Bom já que a conversa está nesse níver... Senadora responda-nos: Qual é a capital de Paris...vale um doce...
    7. DANIEL ESHADOF 6.11.2013 às 00:01
      Peraí, Senadora me responda: e quantas antenas tem a embaixada de CUba no BR? e a Embaixada de Paris tem quantas??? Sei que VSa. é muito inteligente e saberá responder sabiamenti (o "i" vem da Gimenis). A pergunta é só para a Senador pelo AM hennnn... não quero que alguém se atravesse dando a dica para o inteligentíssima.
    8. Marcia Terezinha 5.11.2013 às 23:56
      Prezada Senadora Vanessa Graziotin (PCdoB-AM As antenas são móveis porque poderão ser deslocadas de um ponto para outro. Se fossem imóveis seriam fixas e não poderiam serem deslocadas...
    9. eros alonso 5.11.2013 às 23:55
      Mais uma coisa. Essas antenas são móveis e então existe uma empresa, uma equipe monitorando, dando manutenção. Pela movimentação dessas antenas e as datas poderemos saber os alvos das escutas. Houve crime lesa pátria, alta traição.Será que vamos ter que pedir ao crime organizado para destruir essas antenas ou as autoridades mesmo resolvem, se é que são capazes, possuem QI a altura e principalmente lisura. Nunca o MP questionou? A Justiça nunca se pronunciou? É como o roubo do processo da Globo, todos esconderam do povo.Precisamos de nomes e locais dessas antenas.Um mar de lama, e uma elite sem vergonha em silêncio apoiando tudo, e até possivelmente usufruindo politicamente de tudo com informações privilegiadas, que os americanos passam aos capachos aliados.Destruam as antenas.
    10. eros alonso 5.11.2013 às 23:47
      Mas quem foi o FdP que autorizou a instalação dessas antenas. Quem foi o FdP? Ou é um traidor da pátria, um cara capaz até de prostituir a mãe para ganhar dinheiro, ou é burro como uma anta velha.Nomes, queremos nomes, ou só tem lambe bunda de americano nessa área? É até piada uma coisa dessas. É caso de pegar um sujeito desses que trabalha com essas antenas aqui no Brasil e enxugar um gato morto molhado no lombo até o gato miar.Vamos lá Black Blocs, temos antenas para derrubar. Vamos descobrir o mapa? Já não tenho idade, mas se fosse mais novo sairia por ai procurando uma dessas antenas e poeria ir preso, mas quebrava uma com prazer.

      Os comentários aqui postados expressam a opinião
      dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247.
      Caso perceba algum comentário agressivo ou publicado por algum troll,
      ajude-nos a limpar esta área, escrevendo para contato@brasil247.com.br


      1. Tiago Silva 5.11.2013 às 23:35
        841 antenas? E o babão do Bernardo está fazendo o que aí? E a ANATEL, que conivência é essa com os EUA? Vamos largar de dormir em berço esplêndido gente?
      2. Cissa 5.11.2013 às 23:20
        Esse fato era pra ser do conhecimento do Ministro das Comunicações. Afinal, o que esse ministro faz? Não cumpre nem com suas atribuições? Já passou da hora de trocar de ministro, senão, estamos ferrados.
      3. Cissa 5.11.2013 às 23:20
        Esse fato era pra ser do conhecimento do Ministro das Comunicações. Afinal, o que esse ministro faz? Não cumpre nem com suas atribuições? Já passou da hora de trocar de ministro, senão, estamos ferrados.
      4. Cissa 5.11.2013 às 23:19
        Esse fato era pra ser do conhecimento do Ministro das Comunicações. Afinal, o que esse ministro faz? Não cumpre nem com suas atribuições? Já passou da hora de trocar de ministro, senão, estamos ferrados.
      5. Bernardão 5.11.2013 às 23:04
        O Bernardo é funcionário da embaixada e a ANATEL deve estar no organograma desta.
      6. Reg 5.11.2013 às 22:42
        Uma vergonha esta Anatel. Fica de tititi punindo empresas que enganam o consumidor com coisas miú.das, como se tivesse combinado com elas e esco de a bandalheira das antenas norte-americanas. Estamos fritos com a ANATEL e o Bernardo das Cominicações, pois esconderam o abuso das antenas norte-americanas. Ruuuuuua para o diretor da ANATEL e o Bernardo.

        Fonte: brasil247.com.br

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

NÓS ESTAMOS SENDO ESPIONADOS?

Confirmado: la NSA opera en Google, en la base de datos de Yahoo y ahora en todos los navegadores de búsqueda

Reporte desde EE.UU. - Si las noticias del verano pasado (invierno en hemisferio sur) detallaron como la Agencia de Seguridad Nacional (NSA) monitorea el paso de datos a través de los proveedores de servicio de Internet de la nación y a las compañías de tecnología les costó digerir o aceptar, es comprensible.

Después de todo, esto es Estados Unidos, ¿no? Y se supone que la NSA no espía a los americanos.

Bueno, lo hace, como nos muestra una nueva noticia para despejar toda duda.

De acuerdo a lo que menciona el Washington Post, la NSA ha logrado hackear en secreto las redes principales de comunicación que conectan las bases de datos de Yahoo! y Google al resto del mundo, según documentos obtenidos por el  ex agente (ahora fugitivo) Edward Snowden, así como las entrevistas realizadas a informantes internos.

El diario dice: Al hacer uso de esas conexiones, la agencia se ha posicionado para recolectar cientos de millones de cuentas de usuarios, muchas de ellas pertenecientes a estadounidenses. La NSA no conserva todas las cuentas, pero mantiene muchas”.

MUSCULAR y PRISM, programas de recolección de información

Un informe altamente secreta notificado el 9 de enero de 2013 proporciona detalles sobre como la dirección de archivamiento de la NSA envía diariamente millones de grabaciones de las redes internas de Yahoo! y Google a las bases de datos localizadas en los cuarteles generales de la agencia en Fort Made, Maryland.

Post informó:La principal herramienta de la NSA para explorar las redes de datos es un proyecto llamado MUSCULAR, operado en conjunto con su contraparte británica, la agencia GHCQ (Cuarteles Generales de Comunicaciones Británicas). Desde los puntos de intercepción no revelados, la NSA y la agencia de GHCQ están copiando flujos de datos enteros a través de los cables de fibra óptica que trasmite la información entre los centros de datos de los gigantes de Silicon Valley”.

La infiltración es realmente sorprendente debido a que la NSA, bajo un programa independiente llamado PRISM, tiene libre acceso a las cuentas de los usuarios de Yahoo! y Google a través de un proceso probado por el tribunal”.

Pero aparentemente, aun este acceso, autorizado por la Ley Patriótica de Estados Unidos, no es lo suficientemente buena. Obviamente, la NSA necesita no ser supervisada en todas sus actividades.

A pesar de las revelaciones, nadie en el gobierno quiso confirmarlo. “Los funcionarios de la Casa Blanca y la oficina de la Dirección Nacional de Inteligencia, la cual supervisa a la NSA, declinaron en confirmar, negar o explicar por qué la agencia se infiltra en el fondo de las redes de Yahoo! y Google”, detalló Post.

¿Privacidad? ¿Qué privacidad?

Google lanzó un comunicado diciendo que la compañía estuvo sin dudas “preocupada por las denuncias del tráfico de intercepción del gobierno entre nuestros centros de datos” y que “no son conscientes de esta actividad”.

Una portavoz de Yahoo! agrego: “Tenemos controles estrictos en posición para proteger la seguridad de nuestros centros de información, y no hemos le hemos dado nuestros datos a la NSA o algún otro tipo de agencia gubernamental”.

De acuerdo con las versiones anteriores de información ultra secreta informadas por Snowden, PRISM es utilizado por la NSA para acumular increíbles cantidades de grabaciones de comunicación en línea a través de medios legales; las compañías de tecnología, mediante ordenes emitidas por el secreto Tribunal de Vigilancia de Inteligencia Extranjera de los Estados Unidos de América (FISA), se ven obligadas a entregar los datos correspondientes que son aprobados por los términos de búsqueda de la corte.

Este programa está autorizado por la Sección 702 de FISA.


Las comunicaciones interceptadas a fondo tiene claras ventajas para la NSA, con restricciones holgadas y menos supervisión. Los documentos de la NSA sobre la obra se refieren directamente a tener un control completo, acceso masivo y operaciones de gran tamaño en las redes de Google y Yahoo!”, afirma el Post. “Esta colección a gran escala de contenidos de Internet sería ilegal en los Estados Unidos, pero las operaciones se realizan en el extranjero, donde se permite presumir a la NSA que las personas que utilicen un enlace de datos fuera de la jurisdicción americana son extranjeras”.

En las conexiones actuales, en un mundo interconectado, en Estados Unidos, no hay más privacidad. Esto debe quedar muy en claro a estas alturas.

Ah, y el espionaje de la NSA y su capacidad de almacenamiento de datos está aumentando. La agencia está construyendo una nueva instalación masiva en Utah para cumplir estos propósitos, junto con otros: http://nsa.gov1.info.

Fuente: NaturalNews
Leandro Gabriel Villalba
BWN Argentina
- See more at: http://bwnargentina.blogspot.com.br/2013/11/confirmado-la-nsa-opera-en-google-en-la.html#sthash.KDEJFNgB.dpuf

Estados Unidos têm 841 antenas no Brasil

Posted by 
Share Button
Anne Warth
Segundo presidente da CPI da espionagem, governo norte-americano alegou que antenas são usadas para comunicação entre Washington e as embaixadas.
A presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da espionagem, senadora Vanessa Grazziotin (PcdoB-AM), afirmou que o governo dos Estados Unidos têm autorização para o funcionamento de 841 antenas para comunicação própria no Brasil. A senadora disse que a informação foi repassada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).
De acordo com a senadora, até o momento, o governo norte-americano teria informado que essas antenas  são utilizadas para a comunicação entre Washington e a embaixada, em Brasília, além dos consulados. Mas, segundo a senadora, essas estruturas não estão restritas à embaixada e aos consulados norte-americanos no País. Segundo ela, parte dessas antenas é fixa e outra parte é móvel.
“Queremos uma explicação muito mais sólida da embaixada americana sobre a localização, potência e o uso dessas antenas”, afirmou. “Não sei por que há antenas fora da embaixada e do consulado. É algo que queremos analisar.” Questionada sobre se essas antenas poderiam ser utilizadas para espionar autoridades e empresas no País, a senadora respondeu: “Tudo é possível”.
A senadora disse ainda que também receberam autorização da Anatel para instalar antenas próprias no Brasil embaixadas de outros países, como França, para cinco antenas; o Chile, para duas; e a Romênia, para 20.
AGÊNCIA ESTADO

"REBELDES" DA AL QAEDA APOIADOS PELO "TIO SAM"

"Rebeldes" de Al-Qaeda apoyados por “El Tío Sam”

¡Otra noticia sobre Al-CIAeda! Estados Unidos y los Aliados, culpables de los ataques químicos en Siria.

 Un analista dice que los Estados Unidos y los aliados en la región son culpables por haber ayudado a los "rebeldes" en Siria a lanzar un ataque químico mortal a los civiles en agosto pasado. 

Michel Chossudovsky le contó a Press TV en una entrevista el viernes que una “alianza militar” liderada por Estados Unidos apoyó “a los rebeldes en el uso de armas químicas” en Siria.

Declaró que “los Estados unidos y sus aliados continúan apoyando a los rebeldes integrantes de Al-Qaeda los cuales están involucrados en los procesos de destrucción de todo el país”.

Chossudovsky notificó que “los rebeldes israelíes” apoyados por “Qatar, Turquía y Arabia Saudita” organizaron el ataque químico y “luego culparon al gobierno sirio”.

Chossudovsky dice que “saben inequívocamente que en aquel evento utilizaron videos falsos de niños asesinados que fueron puestos ahí; fue un ataque de falsa bandera y su objetivo era culpar al gobierno sirio cuando en realidad esos crímenes fueron cometidos y organizados por Estados Unidos y sus aliados”.

Dice que los militantes que están peleando contra el gobierno del presidente sirio Bashar al-Assad son “los soldados de infantería de la alianza militar occidental.”

Chossudovsky también expresó su rechazo contra la comunidad internacional que no ha tomado ninguna acción para detener “una crisis humanitaria” que se está desplegando en Siria.

“Un país ha sido destruido; hay un brote de polio, o al menos es lo que se ha reportado, y la pregunta es quien es el responsable de este horrible crimen contra la gente de Siria y toda la nación. Esto es lo que se llama una comunidad internacional auto-proclamada”, afirma.

Chossudovsky describe a la comunidad internacional como un “conjunto de países belicistas desvergonzados responsables de extender la guerra contra la población de Siria”.

Acá tenemos la transcripción completa de la entrevista:

Press TV: Michel Chossudovsky nos dio un gran panorama de lo que está pasando en Siria. Sabemos que hay una “segunda convención de Ginebra” pero, al mismo tiempo sabemos que Arabia Saudita ha formado parte de estos grupos, apoyando más al lado de Estados Unidos y sus aliados… ¿Qué están esperando de Siria dentro de los próximos meses en la “Segunda Convención de Ginebra”, y como se trasmite esta acción en el campo de batalla?

Chossudovsky: Primero tenemos que entender que esta decisión tomada por la Organización de Prohibición de Armas Químicas es una pantalla de humo porque es una táctica que últimamente obliga a Siria a cerrar sus instalaciones de armas químicas cuando en realidad no es el gobierno sirio el que usa armas químicas contra los civiles en los presuntos ataques en Al-Ghouta del 21 de agosto.

Precisamente ocurre lo contrario. Fueron los Estados Unidos, la OTAN e Israel que apoyaron a los rebeldes, que también fueron apoyados por Qatar, Turquía y Arabia Saudita quienes ordenaron ese ataque y luego culparon al gobierno Sirio y sabemos inequívocamente que en aquel evento utilizaron vídeos de niños asesinado; fue un ataque de falsa bandera y su objetivo era culpar al gobierno sirio cuando en realidad estos crímenes fueron cometidos y ordenados por Estados Unidos y sus aliados.

¿Cuál es la cuestión que se trata acá? El tema no viene del gobierno sirio; viene de los rebeldes, pero estos en realidad son los soldados de infantería de la alianza militar occidental y, mientras tanto, Israel conserva sus armas de destrucción masiva.

El acuerdo se resolvió con Rusia pero, al mismo tiempo, hubo reportes que las fuerzas navales rusas en el Mediterráneo oriental y las de Estados Unidos no podían y no estaban dispuestas a librar una guerra, una guerra orquestada en Siria, bajo estas circunstancias. Pienso que también tenemos que entender que esta guerra no finalizo; hay un punto muerto.

Los Estados Unidos y sus aliados continúan apoyando a los rebeldes integrantes de Al-Qaeda quienes están involucrados en el proceso de destrucción de un país entero. Hay una situación sin solución a nivel diplomático y, en esencia, el capítulo de las armas químicas incluyendo las noticias de los medios sigue manteniendo al gobierno sirio como una amenaza lo cual es mentira porque ¿quién está detrás de estos crímenes de guerra? Esla infantería de alianza militar occidental la que ha apoyado a los rebeldes al uso de armas químicas, y eso es un problema.

Sabemos que se está desarrollando una crisis humanitaria; un país ha sido destruido; hay un brote de polio que fue notificado últimamente y que resolver quien es el responsable de estos horribles crímenes contra la población siria y toda la nación. Es lo que llamo una comunidad internacional autoproclamada.

Pero tenemos que redefinir el comportamiento de la comunidad internacional; ellos no son la comunidad internacional. Ellos son un conjunto de países belicistas desvergonzados y son responsables de extender los crímenes de guerra contra la población siria.

Leandro Gabriel Villalba
BWN Argentina
- See more at: http://bwnargentina.blogspot.com.br/2013/11/rebeldes-de-al-qaeda-apoyados-por-el.html#sthash.gjgU1eas.dpuf




  • Michel Chossudovsky


  • Michel Chossudovsky é um professor de Economia da Universidade de Ottawa. Chossudovsky foi professor visitante internacional e tem sido um conselheiro de governos de países em desenvolvimento.Wikipédia



  • Publicado em 05/11/2013

    An analyst says the United States and its allies in the region are to blame for having helped militants in Syria to launch the deadly chemical attack on civilians in August.
    Michel Chossudovsky told Press TV in an interview on Friday that the US-led "military alliance" backed "the rebels in using chemical weapons" in Syria.

    "The United States and its allies continue to support the al-Qaeda-affiliated rebels which are involved in the process of destruction of an entire country (Syria)," he stated.

    Chossudovsky noted that "Israeli sponsored rebels" backed by "Qatar, Turkey, [and] Saudi Arabia" staged the chemical attack and "then blamed it on the [Syrian] government."

    "And we know unequivocally that that event which used fake videos of children killed was there; it was a false flag and its objective was to blame the Syrian government when in fact those crimes were committed and ordered by the United States and its allies," said Chossudovsky.

    He said the militants fighting against the government of Syrian President Bashar al-Assad "are the foot soldiers of the Western military alliance."

    Chossudovsky also expressed regret that the international community has not taken any action to stop "a humanitarian crisis" which is unfolding in Syria.

    "A country has been destroyed; there is an outbreak of polio, at least it is reported, and then the question is who is responsible for this hideous crime against the Syrian people and the entire nation. It is what I call the self-proclaimed international community," he said.

    Chossudovsky described the international community as a "rogue conjunction of warmongering states... responsible for extensive war crimes against the people of Syria."

    Originally aired on PressTV, November 1, 2013
    http://www.presstv.ir/detail/2013/11/...

    For complete transcript, visit:
    http://www.globalresearch.ca/al-qaeda...